(31) 4063-9493 | 3146-9493     comercial@analyticsbrasil.com.br

    • (31) 99725-4404

Os principais perigos de substâncias químicas

Por:Redator Analytics Brasil
Análises Químicas

20

mar 2018

Líquidos, gases ou sólidos podem colocar em risco a segurança dos trabalhadores. Trabalhar com substâncias de alto risco pode trazer uma série de consequências à saúde do trabalhador. Como doenças respiratórias, de pele, irritações oculares e muitos outros agravos.

Os fungos, as bactérias, vírus e outros parasitas se proliferam rapidamente em um local de trabalho.  No artigo anterior (Interpretação de produtos químicos), ensinamos a interpretar e reconhecer os diversos produtos químicos e evitar essa proliferação.

Conheça um pouco mais dos principais perigos decorrentes de substâncias químicas:

Incêndio e explosão

É importante ficar atento às embalagens dos produtos químicos que serão utilizados no ambiente de trabalho. No rótulo contém informações sobre inflamabilidade e explosividade que permitem evitar futuros agravos.

Ponto de fulgor

O ponto de fulgor é a temperatura acima da qual um líquido inflamável deve estar para pegar fogo, isso só ocorre em superfície líquida, onde há mistura de vapores e oxigênio do ar.

Os pontos de fulgor são medidos em laboratório a partir de normas e técnicas. Quanto mais baixo o ponto de fulgor, mais inflamável é a substância.

Faixa de explosividade

A explosão acontece quando um vapor e um gás se misturam em determinada proporção – medida em volume, com o ar oxigênio. Portanto, quanto mais ampla a faixa, maior é o risco de explosão daquele produto.

Temperatura de autoignição

É a temperatura na qual um líquido se incendeia sem necessitar de uma fonte de ignição. Normalmente, essas temperaturas são bem elevadas.

Incêndio e explosão com material particulado

Uma nuvem de material particulado de compostos orgânicos ou inorgânicos pode ser fonte de explosão de acordo com as condições do local de trabalho. Os fatores influenciadores são a circulação do ar, o diâmetro da partícula, a umidade e o tamanho do espaço confinado.

 

Analytics Brasil faz uso das metodologias propostas pela NIOSH e OSHA, contando com ACREDITAÇÃO TOTAL DA AIHA (Associação Norte-Americana de Higiene Industrial) desde o ano de 1981. Além disso, os dados obtidos nos relatórios de nossas análises são comparáveis com os limites de tolerância da legislação brasileira e da ACGIH com o objetivo final de determinar se o local é seguro e está em conformidade, eliminando passivos trabalhistas e insalubridade associados com a exposição no local de trabalho.

 

Analytics Brasil: Higiene Ocupacional ao alcance de suas mãos.

 

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário!

 

Fonte: http://www.fundacentro.gov.br/biblioteca/biblioteca-digital/download/Publicacao/220/manual_para_interpretação_de_subst_quim-pdf


Compartilhe:

Av. Bernardo Monteiro, 971 - 10 andar, Funcionários - Belo Horizonte /MG

(31) 4063-9493 | 3146-9493

(31) 99725-4404

comercial@analyticsbrasil.com.br